CIC Antônio Prado - RS
(54) 3293.1609
ÁREA RESTRITA

INSTITUCIONAL | PALAVRA DO PRESIDENTE

Adriano Pedro Susin
Adriano Pedro Susin

Gestão 2017/2018

“Um sábio e seu discípulo em peregrinação passaram por uma pequena aldeia e perceberam que as crianças eram muito magras e desnutridas e mesmo os adultos tinham a aparência de cansados e desanimados. O sábio então pediu a um aldeão que o levasse até o chefe da aldeia.

Uma vez apresentados, o sábio perguntou ao chefe: - de onde vocês tiram o seu sustento?

Então o chefe respondeu: - temos aquela vaquinha ali, com o leite que tiramos dela alimentamos quase todos que vivem na aldeia, não sei o que seria de nós sem esta vaquinha.

O sábio então agradeceu ao chefe e seguiu viagem com seu discípulo.  Acamparam próximo à aldeia e quando anoiteceu o sábio virou-se para o discípulo e disse: - volte até a aldeia e empurre a vaquinha do penhasco.

O discípulo então indagou o sábio: - mas senhor, a vaquinha é a única fonte de sustento daquela pequena aldeia, se a vaquinha morrer todos morrerão de fome.

O sábio então disse:- por favor, faça o que eu estou lhe pedindo.

Então o discípulo voltou à aldeia na calada da noite e sorrateiramente empurrou a vaquinha do penhasco, que acabou morrendo na queda.

Passados alguns anos o discípulo, já um monge, retorna ao local onde se situava a aldeia onde empurrou a vaquinha e percebe que no lugar da pequena aldeia, hoje se via uma pequena cidade aparentando nítida prosperidade. O discípulo procura o antigo chefe da aldeia e pergunta à ele o motivo de tanta prosperidade, o chefe então disse: - naquele dia quando passaram por aqui, nossa vaquinha caiu do penhasco e morreu. Passamos alguns dias lamentando a morte de nossa vaquinha. Percebemos então que teríamos que fazer alguma coisa, do contrário morreríamos de fome, então começamos a praticar várias atividades, plantamos, colhemos, comemos estes alimentos e o excedente vendemos às outras aldeias, desta forma geramos uma renda extra, assim prosperamos e acreditamos que prosperaremos ainda mais.”

Quero com esta história fazer um paralelo com a nossa realidade. Por diversas vezes, tenho a impressão de que muitos de nós, cidadãos de Antônio Prado, nos deparamos com situações a exemplo dessa aldeia, onde acostumados a fazermos sempre a mesma coisa não quebramos paradigmas em busca de novas oportunidades e mesmo não buscamos explorar todo o potencial que o nosso município tem.

Tenho a impressão que por algumas vezes nos deparamos a estarmos sentados em livro de história de nossa cidade. Digo isso, porque muito se olha e se fala do passado. Porém, está na hora de pensarmos mais em nosso futuro. Ainda é pouco o que vem sendo feito para que a cidade prospere da forma como merece prosperar. 

Precisamos sim preservar os legados trazidos dos nossos imigrantes, nossos costumes e nossos valores. Mas está mais do que na hora de nos unirmos de forma mais efetiva em prol de um desenvolvimento maior de nosso município e de nossas empresas.

Precisamos, e de forma coletiva, unir ainda mais as entidades, a iniciativa privada e o poder publico municipal, para com isso trabalharmos em prol do desenvolvimento da nossa cidade deixando de lado as diferenças, o individualismo e o partidarismo. É chegada a hora de começarmos a pensar e a fazer diferente.

Ao receber o convite para assumir a presidência da CIC, pensei muito antes de aceitar. Dentre as minhas reflexões, pensei em meus filhos. Pensei neles, pois me questionei: - que futuro eu quero para os meus filhos na nossa cidade? Que futuro meus filhos terão morando em Antônio Prado? Pois bem, assim como eu, sei também que os senhores aqui presentes e os jovens empresários, todos nós almejamos um futuro promissor e que eles, os nossos filhos e os nossos jovens, possam ter boas oportunidades de serem bem sucedidos profissionalmente aqui. Que eles possam formar suas famílias e dar continuidade ao crescimento desta cidade. Por esse motivo, aceitei o desafio de estar a frente da CIC nos próximos dois anos junto com meus colegas empresários Itamar, André, Eduardo e Édrio, aos quais desde já fica o meu agradecimento. Sei que o desafio por estar à frente de uma entidade como a CIC, que em 2017 completará 30 anos de história, não será fácil, porém tenho certeza que será de realizações.

Como já disse, sabemos que o desafio é grande. Porém, tenho a certeza de que com a união de esforços, juntos podemos fazer muito pelo fortalecimento do associativismo e consequentemente o desenvolvimento de Antônio Prado.

Precisamos quebrar paradigmas. Não podemos lamentar a morte da vaquinha eternamente. Precisamos deixar o individualismo de lado. precisamos pensar de forma coletiva. Chega de olharmos partidos políticos e para o nosso próprio umbigo. Vamos juntos fazer de Antônio Prado a cidade que ela merece ser. Vamos juntos buscar o desenvolvimento econômico do município. Não vamos mais permitir que os nossos jovens busquem oportunidades em outras cidades, eles deverão encontrar essas oportunidades aqui. Vamos juntos desenvolver a indústria, o comércio, o setor de serviços, o agronegócio e o turismo que tanto se fala em nossa cidade. Somos uma cidade com um grande potencial, porém ainda temos muito o que explorar. Vamos criar alternativas e garantir que os nossos filhos e nossos jovens fiquem em Antônio Prado. A cidade precisa crescer.  Vamos pensar globalmente e agir localmente. A força da ecomonia dos municípios, dos estados e do país está em nossas mãos, nas mãos dos empresários.

Me comprometo, juntamente com os empresários que estarão ao meu lado, de fazer da CIC uma entidade cada vez melhor e maior. Porém para que isso aconteça, nós precisaremos contar especialmente com vocês, associados da CIC. Nossa gestão será baseada no compromisso de atender as suas necessidades, e para isso, precisamos que nos sinalizem de que forma nós poderemos ajudar. “De que forma a CIC pode te ajudar?”. Peço gentilmente que todos respondam a essa pergunta, pois o retorno de vocês será de fundamental importância para darmos continuidade e fortalecermos ainda mais o nosso compromisso de estarmos dispostos a atender as necessidades dos nossos associados. Nosso objetivo com isso é buscarmos também cada vez mais o fortalecimento do espírito associativista, esse que é a razão pela qual a entidade existe. E isso somente será possível se houver a participação e o envolvimento dos senhores empresários.

Por fim, agradeço a confiança em nós depositada. O Conselho Executivo da CIC Gestão 2017/2018 está à disposição dos associados para juntos buscarmos cumprir a missão da CIC que é de “contribuir significativamente para criação, o desenvolvimento, o fortalecimento, a integração e a sustentabilidade das empresas de Antônio Prado e região, através de ações de representatividade e soluções adequadas, visando melhorar a competitividade da região”.

 

Adriano Pedro Susin

Presidente da CIC de Antônio Prado - Gestão 2017/2018                                                             

 

 

 

Agenda CIC
Cursos e Treinamentos
Espaço do Associado
Palavra do Presidente
índices Ecônomicos
Cadastre seu Currículo
Vagas Disponíveis
Acervo
Opinião
REVISTA
Edições Anteriores
ENQUETE
De que forma você prefere ser informado sobre os acontecimentos (agenda, cursos, reuniões jantares, entre outros) da CIC Antônio Prado ?
ATENDIMENTO
(54) 3293.1609
cicaprado@cicaprado.com.br
ONDE ESTAMOS
Av. Valdomiro Bocchese, 955 - Conj 302 | CEP:95250-000 | Antônio Prado | RS
CIC Antônio Prado - ©2015 - Todos os direitos reservados
Webde, Web for Business